Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos

Notícias

UAW agradece apoio de Miguel Torres aos trabalhadores da Nissan nos EUA

O Sindicato dos Metalúrgicos dos Estados Unidos (UAW) enviou carta de agradecimento a Miguel Torres e à CNTM (Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos) pelo apoio aos trabalhadores da Nissan, em Canton, Mississippi, que lutam pela liberdade de sindicalizarem-se e por melhores condições de trabalho.

A UAW também agradeceu a presença de Miguel Torres, entre outros dirigentes metalúrgicos, no ato de 18 de fevereiro, no Rio de Janeiro, em frente ao Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio 2016 (na foto) , e na entrega de uma Carta Denúncia ao Embaixador Agemar Sanctos contra as práticas antissindicais da Nissan, que patrocina o evento esportivo.


 

Clique aqui ou abaixo para ampliar em pdf

 

UAW  – INTERNATIONAL UNION – United Automobile, Aerospace and Agricultural Implement Workers of America,
Miguel Eduardo Torres
Presidente
Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos
CNTM
Prezado Companheiro Miguel,
Venho por meio desta agradecer imensamente seu tempo e dedicação por apoiar os trabalhadores da Nissan em Canton, Mississippi, EUA, participando da entrega da Carta Denúncia ao Embaixador Agemar Sanctos e também do ato em frente ao Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio 2016.
O ato teve grande repercussão no Brasil através da mídia e redes sociais, além da mídia internacional. Em anexo estamos anexando algumas das principais notícias daquele dia.
Ficamos muito felizes em saber que podemos contar sempre com você e queremos estreitar cada vez mais os laços de solidariedade entre os sindicatos do Brasil e dos Estados Unidos. 
O seu apoio é fundamental para que consigamos obter justiça para os trabalhadores do Mississippi.
Infelizmente a Nissan tem intensificado sua campanha anti-sindical. Na semana passada, a empresa exibiu um vídeo para todos os trabalhadores da fábrica. No vídeo, um diretor da Nissan Mississippi implora que os trabalhadores não apóiem o sindicato e alega que os sindicatos interferem nas relações diretas entre trabalhadores e empresa. Os trabalhadores foram instruídos a não fazerem qualquer tipo de comentário ou questões antes, durante e depois desse vídeo.
Este é o rumo atual dos acontecimentos, e uma forte escalada de tentativas da Nissan para interferir na sindicalização dos trabalhadores, violando as normas internacionais do trabalho. O vídeo mostrado na semana passada em Mississippi contradiz as declarações que a Nissan tem feito no Brasil e ao redor do mundo quanto ao seu respeito pela liberdade de associação. 
Somos gratos a você e a CNTM por seu apoio tentar trazer à Nissan junto às suas responsabilidades e juntos podemos defender o direito dos trabalhadores em todos os lugares para organizar e negociar coletivamente.
Mais uma vez, quero expressar os meus votos de muito obrigado!
Em Solidariedade,
Gary Casteel
Secretary-Treasurer


UAW  – INTERNATIONAL UNION – United Automobile, Aerospace and Agricultural Implement Workers of America,


8 de março de 2016

Miguel Eduardo Torres
Presidente
Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos
CNTM

Prezado Companheiro Miguel,

Venho por meio desta agradecer imensamente seu tempo e dedicação por apoiar os trabalhadores da Nissan em Canton, Mississippi, EUA, participando da entrega da Carta Denúncia ao Embaixador Agemar Sanctos e também do ato em frente ao Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

O ato teve grande repercussão no Brasil através da mídia e redes sociais, além da mídia internacional. Em anexo estamos anexando algumas das principais notícias daquele dia.

Ficamos muito felizes em saber que podemos contar sempre com você e queremos estreitar cada vez mais os laços de solidariedade entre os sindicatos do Brasil e dos Estados Unidos. O seu apoio é fundamental para que consigamos obter justiça para os trabalhadores do Mississippi.

Infelizmente a Nissan tem intensificado sua campanha anti-sindical. Na semana passada, a empresa exibiu um vídeo para todos os trabalhadores da fábrica. No vídeo, um diretor da Nissan Mississippi implora que os trabalhadores não apóiem o sindicato e alega que os sindicatos interferem nas relações diretas entre trabalhadores e empresa. Os trabalhadores foram instruídos a não fazerem qualquer tipo de comentário ou questões antes, durante e depois desse vídeo.

Este é o rumo atual dos acontecimentos, e uma forte escalada de tentativas da Nissan para interferir na sindicalização dos trabalhadores, violando as normas internacionais do trabalho. O vídeo mostrado na semana passada em Mississippi contradiz as declarações que a Nissan tem feito no Brasil e ao redor do mundo quanto ao seu respeito pela liberdade de associação. Somos gratos a você e a CNTM por seu apoio tentar trazer à Nissan junto às suas responsabilidades e juntos podemos defender o direito dos trabalhadores em todos os lugares para organizar e negociar coletivamente.

Mais uma vez, quero expressar os meus votos de muito obrigado!

Em Solidariedade,

Gary Casteel
Secretary-Treasurer

 


ENVIE SEUS COMENTÁRIOS