Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos

Palavra do Presidente

10 de Agosto – Dia do Basta: por um Brasil mais justo!

A Força Sindical e as demais centrais sindicais, lado a lado com nossas entidades filiadas (Sindicatos, Federações e Confederações) promovem nesta sexta, 10 de agosto, em unidade de ação, o “Dia do Basta – Em Defesa do Emprego, da Aposentadoria e dos Direitos Trabalhistas”. Os atos acontecerão em todo o País.

A nossa intenção é a de convencer a população em geral a aderir ao movimento, que é, resumidamente, um movimento em defesa do Brasil e dos trabalhadores brasileiros, baseado na “Agenda Prioritária da Classe Trabalhadora”. E a luta é de todos!

De nada adianta ficarmos apenas lamentando e reclamando dos equívocos cometidos na condução da política econômica do País, que penaliza principalmente os mais humildes, faz crescer o desemprego, estanca a produção e o consumo e gera insegurança e desconfiança sobre o dia de amanhã. Temos de arregaçar as mangas, sair às ruas e demonstrar todo o nosso descontentamento apresentando propostas viáveis para que o Brasil retome o caminho do seu desenvolvimento e crescimento econômico.

Em São Paulo haverá nesta sexta, 10 de agosto, a paralisação de empresas no período da manhã e, às 10 horas, o ato unificado das centrais será realizado na Avenida Paulista, 1.313, em frente à sede da Fiesp, onde serão distribuídos panfletos sobre o tema.

Temos de intensificar nossa luta por um Brasil justo e igualitário. Os trabalhadores não podem ser penalizados pelos constantes ataques aos seus direitos – adquiridos por meio de muita luta ao longo dos anos –, pelo descaso da parte daqueles que deveriam trabalhar pelo engrandecimento nacional – e não para privilegiar uns poucos mais afortunados –, por emprego para todos e salários capazes de suprir as necessidades dos mais humildes.

Nossa união, mobilização e a intensificação da nossa luta são fundamentais para que alcancemos nossos objetivos. Temos de protagonizar a luta dos trabalhadores. Nunca fomos coadjuvantes. Sempre escrevemos nossa própria história, e desta vez não será diferente. No dia 10, todos às ruas pelo Brasil que almejamos para nós e nossos filhos!

Miguel Torres
presidente interino da Força Sindical e presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e da CNTM (Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos)

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS