Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos

Metalúrgicos de Osasco/SP

Nota de pesar pelo falecimento de Albertina Paulo Cândido

É com extremo pesar que a diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco recebeu a notícia do falecimento da companheira Albertina Paulo Cândido, aos 82 anos, em virtude de complicações de saúde na terça-feira, 7.

A perda da companheira, além de representar uma dor imensa aos familiares e amigos, é sentido também por toda diretoria do Sindicato. Albertina, foi esposa do companheiro João Cândido, atuou ativamente na mobilização das mulheres depois da greve de 1968, fazendo reuniões de esclarecimentos na Igreja e no Sindicato. Sua militância, assim como de Cândido, iniciou-se na JOC (Juventude Operária Católica).

Seu esposo, Cândido faleceu no dia 21 de julho de 2018. Ele foi membro da Comissão de fábrica da Cobrasma em Osasco/SP, participou da greve de 1968 e fez parte da direção do Sindicato.

Agora, os dois seguirão conosco não apenas na lembrança, mas também em nossa luta.

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS