Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos

Aeroespacial

Nota da Força Sindical sobre compras das aeronaves suecas pelo governo brasileiro

“Após um longo processo, cerca de duas décadas, o Brasil fechou o contrato de US$ 4,5 bilhões (R$ 10,5 bi) para a compra e transferência tecnológica de 36 aeronaves Suecas Gripen NG, com opção de compra de mais 124 unidades.

Os trabalhadores ligados à Força Sindical, CNTM (Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos) e Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes defendem que esse acordo traga não só transferência de tecnologia (offset), mas que seja, sobretudo, estratégico para o setor, criando um ambiente que de forma sistêmica possa:

1) Fomentar o adensamento produtivo e tecnológico na cadeia de produção aeronáutica brasileira.

2) Promover programas mobilizadores e estruturantes para a cadeia de fornecedores nacionais.

3) Priorizar a produção de conteúdo local com mais de 80% da produção dessas aeronaves no País.

4) Estabelecer mecanismos institucionais para integrar os esforços das Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs) nas atividades de Pesquisa e Desenvolvimento Industrial PD&I consideradas estratégicas.

5) Desenvolver programas voltados à formação e qualificação dos trabalhadores.

6) Gerar mais e melhores empregos em toda a cadeia produtiva do setor no País.

7) Primar pelas melhores práticas das relações de trabalho (organização no local de trabalho).

8) Combater os elevados índices de rotatividade no emprego e promover  condições de segurança e saúde no local de trabalho”.  

Por Miguel Torres
Presidente da Força Sindical, CNTM e Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS