Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos

Metalúrgicos de Osasco/SP

Metalúrgicos de Osasco comemoram 50 anos de luta

São 50 anos marcados por uma história dedicada à defesa dos interesses dos trabalhadores, dentro e fora das fábricas, no esforço contínuo para cumprir os objetivos de Sindicato Cidadão, com os quais a diretoria sempre se comprometeu.

A diretoria preparou o Sindicato para celebrar essa data. No aniversário de 45 anos, na edição comemorativa da Metal Revista, foram lançadas as bases do projeto Rumo aos 50, no qual a diretoria se comprometia com as mudanças e aprimoramentos em setores cruciais para a luta da categoria e do conjunto dos trabalhadores (leia ao lado).

Foi a partir daí que vieram iniciativas como a parceria que resultou nos cursos do Senai, a organização dos coletivos Mulheres Sindmetal e Juventude Sindmetal. Nestes cinco anos, a categoria também ganhou eventos anuais para a família metalúrgica, como é a Estação Criança e também novas atividades que formam e informam, como a Estação Mulher.

Além disso, encontros da categoria como o Ciclo de Debates e o Campeonato de Society envolvem cada vez mais companheiros e companheiras.

Companheiros estavam entre os 80 mil trabalhadores que tomaram as ruas de São Paulo pelas 40 horas

O Sindicato também vive a sua história, porque a valoriza e aprende com ela. Por isso, é um dos principais incentivadores da organização do patrimônio histórico dos trabalhadores. Não por acaso, está na presidência do Centro de Memória Sindical, que em 2013 organizou a exposição itinerante sobre os 50 anos de nossa entidade e que prepara para os próximos meses a edição do livro que conta a história do Sindicato.

Outra marca é a homenagem à Greve de 1968, objeto do documentário “1968: Memórias de uma História de Luta”, produzido pelo Sindicato e traz depoimentos dos líderes da Greve, como o presidente José Ibrahin, que faleceu em maio de 2013. O documentário está disponível no Canal Sindmetal no Youtube.

Nos próximos meses, os metalúrgicos também vão ter a sua disposição para consulta todo o arquivo do Sindicato, que irá inaugurar o seu Centro de Documentação e estará de portas abertas para receber a categoria.

Luta – Também são muitas as lutas que têm marcado essa trajetória Rumo aos 50: ampliação dos acordos de PLR, fortalecimento do Ministério do Trabalho, 40 horas semanais, fim do fator previdenciário. Além das campanhas salariais construídas em conjunto com a categoria, que, por isso, têm resultado em vitória na mesa de negociação e nas lutas nas portas de fábrica.

Comunicação – Tudo isso chega a categoria por meio deste Visão Trabalhista e também por meio de outros instrumentos de Comunicação, que, aliás, ganhou ferramentas novas para garantir que seja um instrumento efetivo de contato entre Sindicato e trabalhadores, com redes sociais, portal de notícias, promoções, notícias direto no e-mail e muito mais.

“Marteladas” na logomarca  – A logomarca dos 50 anos do Sindicato combina dois elementos: o aniversário e um mascote que fez história neste Visão Trabalhista, o “Martelo”.

Entre 1974 e 1996, a coluna “O Martelo” era o local em que o jornal destacava o descaso de chefes e de empresas com as leis, saúde, com os trabalhadores. Tudo isso era alvo de impiedosas e pesadas “marteladas”.

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS