Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos

Eleições 2018

Força Sindical vai dialogar com Haddad e Márcio França no segundo turno

Fotos Jaélcio Santana

Eleições 2018

Dirigentes da Força Sindical decidiram que vão procurar as coordenações das campanhas dos candidatos ao governo de São Paulo, Márcio França, e à Presidência da República, Fernando Haddad, para um eventual apoio diante do fortalecimento da luta coletiva e nacional por uma sociedade mais justa para todos os brasileiros e brasileiras.

A reunião foi realizada nesta segunda, 8 de outubro, na sede da central em São Paulo, com presenças de representantes de Confederações, Federações e Sindicatos filiados à central, dirigentes nacionais e presidentes das instâncias estaduais.

“Continuaremos na resistência pelos direitos sociais, trabalhistas e previdenciários e por mais benefícios para a classe trabalhadora, com unidade nas ações sindicais, apoiando quem tem compromisso com a soberania nacional e popular e projetos para a retomada do desenvolvimento do Brasil”, diz Miguel Torres, presidente interino da Força Sindical e presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes e da CNTM.

O secretário-geral da Força Sindical, João Carlos Gonçalves, o Juruna, também ressaltou a necessidade de fortalecimento desta luta pela pauta trabalhista e econômica e por questões sociais, com ênfase “na geração de emprego, melhores salários, distribuição de renda e melhorias nas condições de vida da população brasileira”.

Mônica Veloso, vice-presidente da CNTM, considera importante diferenciar as candidaturas, inclusive nos temas polêmicos, para valorizar o nosso campo progressista e revelar o conservadorismo e as fragilidades dos candidatos adversários.

Os demais dirigentes presentes à reunião também defenderam atenção e mobilização contra a “reforma” da Previdência, do Temer, que acaba com as aposentadorias, e contra os persistentes ataques à democracia e aos movimentos sociais e sindicais.

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS