Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos

Metalúrgicos do Vale do Sapucaí/MG

DL demite 70 trabalhadores (as) às vésperas do Natal

Aconteceu o mesmo em 2018 e tem se tornado um hábito na empresa. Quem inicia o ano de trabalho não sabe se vai chegar empregado até o final

A empresa DL, fabricante de produtos eletroeletrônicos em Santa Rita do Sapucaí, comunicou no dia 10 de dezembro a demissão de 70 trabalhadores e trabalhadoras. A empresa alegou questões financeiras, sem especificar valores, e detalhou que seguiu critérios como: tempo de casa, número de dependentes, idade e outros. O comunicado afirmou ainda que em caso de recomposição do quadro, os trabalhadores (as) demitidos (as) têm prioridade para recontratação.
Sindicato requer benefício.
O Sindicato sensibilizado com a situação dos trabalhadores (as) pegos de surpresa com a demissão às vésperas do Natal e ano novo, quando há contas fixas (ipva, material escolar e outras), solicitou benefício de mais um mês de cesta básica para quem foi demitido (a) no valor de R$ 225,00 – valor igual ao ticket alimentação. O setor jurídico da DL, por telefone, chegou a informar que o diretor da empresa analisava a proposta. Porém, nesta terça-feira (17), durante a homologação de sócias do SINDVAS, que exerceram o direito de exigir a rescisão com auxílio do Sindicato, a presidente Maria Rosângela Lopes soube que nenhuma concessão de benefício foi feita até o momento.
O SINDVAS diante da situação requereu que a DL informe ao Sindicato, no prazo de 2 dias, qual será o benefício cedido aos trabalhadores (as) demitidos com informação sobre a data prevista para a concessão.

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS