Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos

Federação dos Metalúrgicos de SP

Dirigentes metalúrgicos debatem em Rio Preto o cenário político e a campanha salarial 2018

Foto: Junior Santana

 

Foi realizado no sábado, 21 de julho, em São José do Rio Preto, no Clube do Sindicato dos Metalúrgicos, o primeiro Encontro Regional da Campanha Salarial 2018 liderada pela Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo.

O encontro reuniu dirigentes metalúrgicos de São José do Rio Preto, Mirassol, Votuporanga, Fernandópolis e Catanduva para organizar suas entidades na campanha salarial e fortalecer a luta pela manutenção das conquistas da categoria na Convenção Coletiva, impedir o avanço da lei da reforma trabalhista na base e garantir avanços.

Miguel Torres, presidente da CNTM (Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos) e do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes e interino da Força Sindical, participou do encontro e defendeu a unidade de ação dos metalúrgicos nas lutas de resistência em defesa dos empregos, salários e direitos. No tema político, Miguel Torres foi categórico: “Já sabemos quem votou contra o movimento sindical e os interesses da classe trabalhadora, precisamos eleger aqueles que estarão do nosso lado”.

A ideia é incentivar a participação dos trabalhadores nas eleições deste ano e tentar aumentar as bancadas sociais e trabalhistas na Assembleia Legislativa e no Congresso Nacional, para que representem com mais força os interesses dos trabalhadores e das trabalhadoras.

Para Eliseu Silva Costa, presidente da Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo, por conta da crise no País e da reforma trabalhista, será a mais complicada campanha salarial dos últimos anos. “Com as diretorias dos sindicatos informadas e alinhadas em torno das questões econômicas, políticas e conjunturais, a mobilização junto aos trabalhadores na hora de estarmos nas mesas de negociação com o setor patronal será mais forte para atingirmos nossos objetivos de conquistas para a categoria”.

Também participaram do encontro: Cláudio Magrão de Camargo Cre (secretário-geral da Federação) , Francisco Sales Gabriel Fernandes, o Chiquinho Mococa (vice-presidente), Edison Luiz Venâncio (tesoureiro-geral), Ricardo Rodrigues, o Teco (diretor de patrimônio da Federação e diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes), e Marcos Donizete, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São José do Rio Preto.

Novos encontros regionais serão realizados em Marília, Mococa, Lorena, Jundiaí e Franca, para mobilizar na Campanha Salarial e nas ações de resistência pelo emprego e por direitos sociais e trabalhistas os cerca de 700 mil metalúrgicos representados por 52 sindicatos filiados à Federação.

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS