Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos

Aeroespacial

CNTM apoia ato nesta terça, em São José dos Campos, contra a venda da Embraer

O protesto será realizado nesta terça, 15 de maio, às 16h, em frente à Prefeitura Municipal de São José dos Campos, e vai cobrar posicionamentos da Prefeitura e da Câmara Municipal e do governo do Estado de SP contra a venda da Embraer para a Boeing, transação que ameaça milhares de empregos e o futuro da companhia no País.

O ato é organizado pelos sindicatos dos metalúrgicos de São José dos Campos, Botucatu e Araraquara, à frente da campanha “A Embraer é nossa. Não à venda da Embraer para a Boeing”, com apoio e participação de dirigentes das entidades do movimento Brasil Metalúrgico: CNTM (Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos/Força Sindical), FEM/CUT (Federação dos Sindicatos Metalúrgicos do Estado de São Paulo) e FITMetal (Federação Interestadual de Metalúrgicos e Metalúrgicas do Brasil/CTB).

Na quarta-feira, 16 de maio, às 5h, outra manifestação será realizada em frente à empresa, também em São José dos Campos.

“A Embraer é uma empresa muito importante para a indústria aeronáutica do Brasil, está entre as maiores do mundo, e tudo indica que a venda para a Boeing trará prejuízos econômicos e desemprego. Consideramos, portanto, este protesto fundamental para que a reivindicação seja ouvida pelo governo federal e que o presidente impeça a venda da Embraer”, disse Miguel Torres, presidente da CNTM, do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e vice-presidente da Força Sindical.

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS