Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos

Notícias

Central debate propostas para alterar NR-15

Dirigentes da Força Sindical e sindicatos filiados estão debatendo na manhã desta terça-feira, dia 16, proposta para alterar a Norma Regulamentadora nº15 (NR-15) que trata sobre atividades e operações insalubres no ambiente de trabalho.

A Secretaria Nacional de Saúde e Segurança do Trabalho da Força Sindical, através do seu secretário, Arnaldo Gonçalves, está coordenando a reunião que conta com a participação de secretários estaduais da Saúde e Segurança do Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo, além de entidades filiadas a Central entre as quais, Metalúrgicos de São Paulo e Brusque, Sindicato dos Brinquedos SP e Técnicos em Segurança do Trabalho SP.

Segundo Arnaldo Gonçalves, desde 28 de agosto o governo abriu para consulta pública um texto com alterações da Norma e dia 29 de outubro é o prazo limite para apresentar propostas para alterar o texto. “Queremos com este debate formular propostas unitárias da Central”.

A Força Sindical reivindica que a implantação de medidas de prevenção devem ter inicio a partir da instalação da empresa e não quando surgirem os problemas de saúde e segurança do trabalho. Outra proposta é que os trabalhadores possam apresentar sugestões e acompanhar a implantação das mesmas para identificar, avaliar e eliminar os riscos gerados pelas atividades e condições de trabalho.

O sindicalista ressalta a importância da participação dos trabalhadores na elaboração de propostas que visam adequar a NR-15 às condições atuais do ambiente de trabalho. “Essa consulta pública é fundamental para a atualização de uma norma que está defasada em relação às inúmeras mudanças que ocorreram nos locais de trabalho. E a nossa participação e importante para melhorar as condições de saúde e segurança no trabalho”, disse Gonçalves.

Posteriormente será publicado documento na íntegra das propostas debatidas pelos dirigentes durante a reunião.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Força Sindical
www.fsindical.org.br

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS