Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos

Metalúrgicos de São Paulo/SP

Atos nas concessionárias contra as 747 demissões na Renault do Paraná

Foto: Jaélcio Santana – Texto: Val Gomes

Nesta quinta, 30 de julho de 2020, a diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes e assistentes participaram dos protestos unificados com dirigentes dos comerciários em frente a concessionárias da Renault contra as 747 de metalúrgicos ocorridas na montadora de São José dos Pinhais/PR.Em São Paulo, ocorreram atos nas concessionárias Renault Vila Guilherme, Ipiranga e Vila Olímpia.Para Miguel Torres, presidente da Força Sindical, da CNTM (Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos) e do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes, “demitir 747 pais de família em plena pandemia do Covid-19 é uma desumanidade, uma insensibilidade social inacreditável”.

A greve liderada pelo Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba, presidido por Sérgio Butka, visa o retorno das negociações com manutenção dos empregos e está tendo expressivo apoio do movimento sindical brasileiro e internacional.

Clique aqui e saiba mais sobre a greve

 

 

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS