Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos

Metalúrgicos de Osasco/SP

Ato em frente ao INSS de Osasco cobra fim do Fator Previdenciário

Os trabalhadores e aposentados da região de Osasco começaram a terça-feira, 13, em protesto contra o fator previdenciário em frente à sede da Gerência Regional do INSS em Osasco. A ação faz parte do protesto nacional, organizado pelas centrais sindicais, que ocorrerá ao longo do dia em diversas cidades e estados do país.

O ato reuniu aposentados e trabalhadores de diversas categorias, incluindo os metalúrgicos. Além do fim do fator, que reduz o valor das aposentadorias em até 40%, os manifestantes também reivindicaram a recomposição do poder de compra das aposentadorias e melhoria do atendimento dos peritos do INSS.

“Temos um problema grave na região: o atendimento dos peritos, que dão alta mesmo a pessoa estando doente”, enfatizou o vice-presidente do Sindicato, Carlos Aparício Clemente.

Durante o ato, os trabalhadores também criticaram os detectores de metais instalados nas portas da Gerência. Isto porque o mecanismo causa desconforto àqueles que precisam ir até à agência. “A Previdência assalta o trabalhador com o fator previdenciário, mas quem passa como suspeito é o trabalhador, que tem que passar pelo detecto de metais”, ressaltou o diretor da entidade Everaldo dos Santos.

40 horas – Na próxima terça-feira, 20, mais atos acontecerão em todo o Brasil. Nesta data, a reivindicação será pela redução da jornada de trabalho para 40 horas, sem redução dos salários.


Por Cristiane Alves e Auris Sousa
ASSESSORIA DE IMPRENSA

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS