Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos

Vídeo

Foi apenas um sonho (Revolutionary Road). Filme com tema relacionado ao Mundo do Trabalho.


Em seu projeto, obcecadamente estudado, tudo funciona. Desde os passaportes até o pretenso insight do marido, que em terras francesas descobriria sua verdadeira "vocação". Ela trabalharia como secretária enquanto ele teria, enfim, o tempo livre que nunca teve. Assim, nas entrelinhas, ela se livraria do opressivo rótulo de dona de casa.

O plano começa a minguar quando surgem situações inesperadas. Um parêntese: é inesperado que aconteça algo que não está previsto? O acaso não é pedra fundamental da vida de qualquer um? Sem calcular os riscos, ou os imprevistos, todos podem ser pegos por um lado ou por outro.

E é o que ocorre. Mesmo que ela tente contornar os "percalços", eles se agarram à April, puxando-a para a realidade. Não há escapatória.

Um detalhe interessante da história é que quando Frank decide aceitar a mudança para Paris, ele "relaxa" no trabalho e começa a "brincar" com seus afazeres. Ele sabe que está partindo para outra e que não precisará mais prestar contas ao chefe. É aí que ele, quebrando as regras, consegue realizar um ato arrojado, que leva a bons resultados e chama a atenção do superior, chefe do chefe, por assim dizer. Inicia-se para Frank, então, uma nova "aventura", uma nova possibilidade de realização, uma nova descoberta vocacional.

É, na verdade, a grande cilada de April. Incentivando o marido a não ter medo de perder o trabalho ela fez com que ele desencadeasse uma espécie de impulso criativo, que o levou de encontro com este mesmo trabalho, mas agora em uma nova situação. Em uma situação em que ele deixaria de apenas executar tarefas, mas passaria a elaborar e a criar. Isso mostra que, se o motivo (alegado por April) fosse a realização profissional do marido, não precisaria ir à Paris. Um pouco de fantasia, com uma pitada de atrevimento e segurança, foi o bastante para que ele se encontrasse.

Sobre a questão que ficou no ar, minha hipótese é de que o nó, muito bem trabalhado no filme, era na verdade, a busca da realização profissional e social da mulher. A história mostra a complexidade deste tema, e os dogmas criados em torno dele, solidamente demarcados, sobretudo na década de 1950, anterior às revoluções comportamentais dos anos 60 e da pílula anticoncepcional.

... %0D%0A %0D%0A Copie e cole o link abaixo no seu navegador: %0D%0Ahttp://cntm.org.br/videos/foi-apenas-um-sonho-revolutionary-road-filme-com-tema-relacionado-ao-mundo-do-trabalho/%0D%0A %0D%0A" class="button-share btn-envelope">




videos CNTM