Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos

Metalúrgicos de Anápolis/GO

Sindicato considera preocupante a crise política dentro do próprio governo durante a pandemia

Divino Cavalheiro

Reginaldo de Faria

Nelson Teich pediu demissão nesta sexta, 15 de maio. A saída ocorre antes de Teich completar um mês no cargo de ministro da Saúde, após divergências com o presidente Bolsonaro sobre, por exemplo, o uso da cloroquina e o decreto que ampliou as atividades essenciais durante a pandemia.

‘’É a segunda baixa na pasta durante a pandemia do Covid-19. O momento pede mais do que nunca união dos governantes, mais planejamento, gestão e alinhamento entre todos os órgãos e entes federativos. Infelizmente, o que está acontecendo é justamente o oposto”, critica Divino Cavalheiro, secretário-geral do SindMetana, Sindicato dos Metalúrgicos de Anápolis, Goiás.

‘’É preocupante, em meio a uma pandemia, evidenciar instabilidade no ministério da Saúde. Precisamos de uma resposta rápida e eficaz para a crise, de profissionais técnicos e qualificados para lidar com o atual cenário brasileiro e muito mais responsabilidade política e sensibilidade social neste governo”, conclui Reginaldo Faria, presidente do Sindicato.

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS