Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos

CNTM

Miguel Torres encontra-se com rodoviários, ministro do Trabalho na Fequimfar e dirigentes metalúrgicos


A Federação dos Trabalhadores Rodoviários do Estado de São Paulo, presidida por Valdir de Souza Pestana,  promoveu nesta segunda, 19 de setembro, no Clube da CMTC em São Paulo um debate sobre a luta sindical em defesa dos direitos da classe trabalhadora, com presença de Miguel Torres, presidente da CNTM e do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e vice-presidente da Força Sindical.

Depois, Miguel Torres foi à FEQUIMFAR (Federação dos Trabalhadores Químicos e Farmacêuticos do Estado de São Paulo), na Liberdade, na recepção ao Ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, juntamente com Sérgio Luiz Leite, o Serginho, presidente da FEQUIMFAR e 1º Secretário da Força Sindical, e outros dirigentes da Força Sindical.

Os dirigentes reafirmaram ao Ministro que querem a reativação da Fundacentro, órgão do Ministério do Trabalho, não aceitam a retirada dos direitos da classe trabalhadora e que lutarão muito pela manutenção da NR-12, norma regulamentadora que prevê proteção nas máquinas (prensas, por exemplo), dos postos de trabalho e direitos trabalhistas, previdenciários e sociais da classe trabalhadora. 

Já na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, Miguel Torres recebeu o presidente da Federação Interestadual de Metalúrgicos e Metalúrgicas do Brasil (FITMETAL), Marcelino Orozimbo da Rocha, entidade que pretende participar do 29 de Setembro “Dia Nacional de Paralisações e Luta em Defesa dos Direitos” e fortalecer a ação metalúrgica em defesa dos direitos e da aposentadoria, rumo à greve geral.

E, finalmente, reuniu-se com a diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, para uma avaliação do vitorioso processo eleitoral da Chapa 1, da Campanha Salarial 2016 da categoria metalúrgica no Estado de SP (em andamento com a entrega da pauta agendada para esta terça, 20 de setembro, às 10 horas, na FIESP, Avenida Paulista) e das ações das centrais sindicais pela retomada do desenvolvimento econômico como, por exemplo, a reunião de dirigentes da Força Sindical no Palácio do Planalto, em Brasília, nesta terça, 20, às 9h30, com representantes do governo para discutir a instalação e a formatação das Câmaras Setoriais para os setores metalúrgico, químico e da construção civil.

A intenção de recriar as Câmaras Setoriais é a discussão, de forma tripartite (trabalhadores, empresários e governo), de soluções para  alavancar a economia e gerar empregos.

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS