Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos

#OcupeBrasília

Metalúrgicos de Piracicaba vão a Brasília contra as reformas Trabalhista e da Previdência

A diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Piracicaba e região estará (24/05) em Brasília, participando de uma grande mobilização do movimento sindical contra as reformas Trabalhistas, Previdência e Terceirização.

Intitulado como “Ocupa Brasília”, o manifesto é organizado pela Força Sindical e demais Centrais Sindicais, e tem como objetivo pressionar os parlamentares contra as reformas que estão em tramitação no Congresso Nacional e também contra a política econômica que vem destruindo o país.

As medidas pretendidas pelo Governo retiram direitos, não beneficiam os trabalhadores e são um verdadeiro retrocesso nas conquistas como impor uma idade mínima de 65 anos para a aposentadoria, proibir o acúmulo de pensões, flexibilizar a CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) com alterações em férias, jornada de trabalho, horário de intervalo, trabalho intermitente, banco de horas, fim da obrigatoriedade da homologação no Sindicato, dentre outros.

O governo quer também por fim a obrigatoriedade da Contribuição Sindical, imposto este que custeia várias ações do sindicato em prol dos trabalhadores como dentista Advogado trabalhista, previdência, homologação, clube etc.

Para Wagner da Silveira, Juca, secretário-geral do Sindicato, “essas reformas retiram direitos e não geram empregos. Os trabalhadores precisam ir às ruas e mostrar a sua força. Somente a mobilização irá combater estas reformas”, destacou.

Segundo os organizadores, manifestantes de todo o país irão desembarcar na capital federal onde será realizada uma marcha contra a reforma. A princípio os protestos serão na Esplanada dos Ministérios, em frente ao Congresso Nacional, como também no Palácio do Planalto, gabinete do presidente da República.

Por Erica Veríssimo, assessoria de imprensa do Sindicato dos Metalúrgicos de Piracicaba

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS