Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos

Artigo

2014: Atenção e Mobilização para o ano que se inicia

“Estamos iniciando um novo ano que exigirá muita atenção e ação do movimento sindical e dos trabalhadores como um todo. A economia já vem dando sinais de cansaço há algum tempo e as previsões, ao menos no que diz respeito à alta de inflação e desaquecimento do setor produtivo no país, parecem mais claras do que nunca.  Temos de estar atentos ao desemprego e à precarização do trabalho principalmente no que tange ao achatamento dos salários e do poder de compra.

Por outro lado, a sociedade já demonstrou no ano passado seu descontentamento e a sua capacidade de mobilização o que, certamente, terá reflexos imediatos nas eleições de 2014. Qualquer candidato (a) que pretenda um cargo deverá estar muito preparado com propostas efetivas contra a corrupção, a incompetência do Estado em áreas fundamentais como a Saúde, a Educação, a Segurança Pública e à organização social como um todo.

Portanto, 2014 pode ser um ano que marque nossa História como um passo positivo ao futuro ou a manutenção de uma estrutura sócio-econômica que por mais possibilidades que o país tenha não avançará diante de tantos problemas estruturais.  E essa deve ser nossa maior atenção. Claro, teremos a Copa do Mundo, mas não podemos de forma alguma nos iludirmos com essa grande festa e esquecermos nossos problemas. Estarmos atentos, organizados e com propostas firmes e coerentes para a sociedade brasileira é o nosso grande desafio para o ano que se inicia e, enquanto representantes de trabalhadores, em particular da categoria metalúrgica do Estado de São Paulo, estaremos preparados para estes desafios”.

Cláudio Magrão de Camargo Cre – presidente da Federação dos Metalúrgicos do Estado de S. Paulo

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS