Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos

Movimento Sindical

18 de março – dia de mobilização em defesa dos serviços públicos e empregos

Clique aqui para ampliar

A luta em defesa dos serviços públicos, da educação, dos empregos de qualidade, dos direitos da classe trabalhadora, do saneamento e da democracia é fundamental para sairmos da crise e o Brasil voltar aos trilhos do desenvolvimento econômico.

Nossa orientação, porém, diante do problema da pandemia do Coronavírus, é para os trabalhadores evitarem grandes aglomerações e participarem da mobilização nos locais de trabalho e portas de fábrica.

“Vamos à luta, com consciência de classe, mas também com a responsabilidade que o momento exige e os cuidados necessários pela saúde e segurança de todos”, diz Miguel Torres, presidente da Força Sindical, da CNTM e do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes.

Justificativa – com o estágio de pandemia do Coronavírus anunciado pela Organização Mundial de Saúde e diante do aumento do número de casos confirmados da doença aqui no Brasil, algumas centrais sindicais decidiram evitar aglomerações no dia 18 de março. As centrais Força Sindical, UGT, CSB e Nova Central decidiram também não participar neste dia do ato na Avenida Paulista, em São Paulo.

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS